Facebook: As criptomoeda ainda tem muitos problemas para integrá-las a rede social

O vice-presidente do Facebook, David Markus, disse que pelo menos por enquanto, a empresa não planeja lançar um sistema de pagamentos em criptomoedas.

De acordo com Marcus, ainda existem muitos problemas e fatores negativos com as criptomoedas, incluindo altas taxas de envio e baixas taxas de confirmação de transações.

“Quando as criptomoedas começarem a se auto-regular melhor, quando aparecer um número significativo de produtos decentes que precisem de publicidade na plataforma – nesta fase, pensamos em algo para integrar esses produtos”, – afirmou Marcus.

Vale ressaltar que, no final de 2017, ele se juntou ao conselho de directores da maior plataforma de criptomoedas  a  americana Coinbase. De acordo com Marcus, se a comunidade de desenvolvimento “corrigir todos os problemas”, o Facebook pode reconsiderar sua posição.

Esta declaração foi feita alguns dias depois que o Facebook proibiu a propaganda de criptomoedas e de ICOs na plataforma.

“Adoptamos uma política que proíbe a publicidade de produtos e serviços financeiros que muitas vezes são associados a actividades enganosas ou enganosas: opções binárias, ICOs e criptomoedas”, afirmou a empresa em comunicado.

Em uma entrevista, Marcus também abordou essas questões, observando que a proibição se deve ao desejo de “proteger a comunidade”. Segundo ele, uma ICO fraudulenta pode prejudicar a reputação de toda a indústria de criptomoedas, pois “a maior parte dessa propaganda eram “scam”.

Win Free Bitcoins every hour!

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.