PayPal patenteia um sistema que agiliza tempos de transacção de criptomoeda

A gigante de pagamentos sediada nos Estados Unidos, PayPal, apresentou uma patente junto ao Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos (USPTO) e publicada em 1º de Março, para aumentar a velocidade dos pagamentos de criptomoedas. A patente descreve um “Sistema de transacção de moeda virtual acelerado”, envolvendo o uso de chaves privadas secundárias para diminuir o tempo de espera para transacções entre consumidores e comerciantes.

Os inventores estão listados na patente como Cheng Tian e Sandy Lynn Godsey, de San Jose, Califórnia, com a PayPal Inc. listada como aplicante. De acordo com a patente, a PayPal está tentando resolver o problema dos tempos de transacção lentos para transacções de criptomoedas, que levaram potenciais usuários de criptos a “optar por realizar a transacção usando métodos de pagamento tradicionais em vez de moeda virtual”:

“Problemas como este retardaram a adopção de moedas virtuais, apesar das vantagens”, afirma a patente.

A patente detalha como a criação de carteiras secundárias com suas próprias chaves privadas tornará os tempos de transação muito mais rápidos, “praticamente eliminando a quantidade de tempo que o beneficiário deve aguardar para garantir que eles receberão um pagamento em moeda virtual numa transação feita em tal moeda”. O tempo de espera reduzido é devido ao processo mais rápido de transferir as chaves privadas associadas a “valores predefinidos” de criptomoeda que são equivalentes ao valor da transação.

No final de Fevereiro de 2018, o director financeiro da PayPal, John Rainey, falou favoravelmente da possibilidade do Bitcoin (BTC) se tornar um método popular de pagamento “usado no dia-a-dia”.

Win Free Bitcoins every hour!

Executivo do Paypal diz que muito provavelmente o Bitcoin se tornará um método de pagamento popular

O director de operações financeiras do PayPal, John Rainey, falou positivamente sobre o uso do Bitcoin (BTC) como uma futura opção popular para pagamentos durante uma entrevista para o The Wall Street Journal (WSJ) publicado nesta segunda-feira, 19 de Fevereiro.

Em uma secção da entrevista intitulada “O factor cripto “, Rainey disse que o PayPal foi uma das primeiras empresas a aceitar o Bitcoin em sua plataforma Braintree em 2015. No entanto, Rainey acrescentou:

“Dada a volatilidade do Bitcoin, neste momento ele não é uma moeda confiável para transacções, porque se você é um comerciante e possui uma margem de lucro de 10% e aceita Bitcoin, no próximo dia a moeda pode cair 15% e o comerciante vê seu lucro ir por água a baixo nessa transacção”.

Em resposta à questão de saber se as criptomoedas serão sempre populares como pagamentos, Rainey disse ao WSJ que existe uma “probabilidade muito alta” de acontecer:

“Falando da tecnologia, há mérito real para isso sim. Mas eu acredito, no entanto, que serão anos na estrada antes de vermos o tipo de omnipresença e aceitação que o tornam uma forma de moeda que é usada todos os dias”.

O co-fundador do PayPal, Max Levchin , disse em Dezembro do ano passado que, enquanto acredita que a tecnologia Blockchain é revolucionária, ele ainda não “compreendeu” suas opiniões sobre o futuro do Bitcoin.

A Coinbase, uma carteira de criptomoedas e plataforma de câmbio digital, incorporou o antigo executivo do PayPal, David Marcus, ao seu conselho de administração em Dezembro do ano passado.

Win Free Bitcoins every hour!